Ser professor de árabe em Portugal, tal como em vários países do mundo, pode acontecer de muitas formas.

Alguns professores são contratados diretamente por escolas com contratos de trabalho. Este é o caso das escolas de línguas privadas que oferecem opções de curso de árabe.

Outros são funcionários públicos, como é o caso dos professores de línguas nas escolas básicas, secundárias e nas universidades.

No que diz respeito aos professores particulares de árabe, existem várias opções para poder exercer a sua função sem cometer nenhuma ilegalidade.

É apaixonado pela língua árabe? Fica fascinado pela cultura dos países do médio oriente? Aproveite esta oportunidade para poder dar aulas particulares de árabe e partilhar os seus conhecimentos a quem quer aprender

A Superprof ajuda-o a ficar a conhecer todas as possibilidades e o que necessita para poder dar um curso de árabe, se for isso que quer. Pode até dar aulas de árabe online!

Os melhores professores de Árabe disponíveis
1ª aula grátis!
Bahir
5
5 (7 avaliações)
Bahir
16€
/h
1ª aula grátis!
Sanaa
5
5 (4 avaliações)
Sanaa
20€
/h
1ª aula grátis!
Hamdi
Hamdi
10€
/h
1ª aula grátis!
Omar
Omar
15€
/h
1ª aula grátis!
Hicham
5
5 (4 avaliações)
Hicham
15€
/h
1ª aula grátis!
Fernando
Fernando
8€
/h
1ª aula grátis!
Fares
Fares
15€
/h
1ª aula grátis!
Jessica
Jessica
25€
/h
1ª aula grátis!
Bahir
5
5 (7 avaliações)
Bahir
16€
/h
1ª aula grátis!
Sanaa
5
5 (4 avaliações)
Sanaa
20€
/h
1ª aula grátis!
Hamdi
Hamdi
10€
/h
1ª aula grátis!
Omar
Omar
15€
/h
1ª aula grátis!
Hicham
5
5 (4 avaliações)
Hicham
15€
/h
1ª aula grátis!
Fernando
Fernando
8€
/h
1ª aula grátis!
Fares
Fares
15€
/h
1ª aula grátis!
Jessica
Jessica
25€
/h
1ª aula gratuita>

Dar aulas de árabe no ensino público ou privado

Vamos começar por falar da questão do estatuto do professor na educação primária, básica, secundária ou superior, uma vez que, os professores de árabe têm exatamente o mesmo estatuto que os seus colegas.

sala de aula
Se tem intenção de ser professor e dar aulas de árabe numa escola tem obrigatoriamente que ser formado| Fonte: pixabay.com

Qualquer pessoa pode ter interesse e/ou necessidade de aprender árabe. Aprender uma nova língua é algo que pode ser feito em qualquer altura da vida, nunca é tarde demais.

Ser professor no ensino público

Um professor de árabe que ensine numa instituição pública, tal como uma escola primária, básica, secundária ou uma universidade, pode ter dois estatutos diferentes.

Que são:

  • Funcionário público: com um diploma de línguas obtido através de cursos superiores como o de Língua e Cultura Árabes pode ter acesso ao concurso nacional público e, consequentemente, ao estatuto de professor numa escola pública. Neste caso o empregador do professor é o estado e este passa a fazer parte do serviço público;
  • Substituto: os professores também podem ser contratados como substitutos numa escola pública para dar aulas de árabe.

Ser professor no ensino privado

Tal como referimos anteriormente, um professor de árabe pode ter estatutos diferentes devido ao tipo de aulas que leciona e à escola onde ensina.

Ao dar aulas numa escola privada, o professor de árabe terá acesso um contrato de trabalho com remuneração fixa pelas e um volume de horas (normalmente 40h) acordado com o empregador.

Isto, porque, nas escolas ou universidades particulares não existem os mesmos concursos que no sistema público para dar aulas de árabe.

sala de aula
Se gostava de dar aulas de árabe numa escola, pode escolher entre o setor público ou privado| Fonte: unsplash.com

É importante saber que desde o ensino primário até ao secundário, é ter um diploma para dar aulas de árabe pode ser um detalhe atrativo para os alunos que procuram pelas suas aulas.

No entanto, às vezes as escolas particulares têm alguma dificuldade em encontrar professores substitutos de árabe, devido à complexidade da língua. Nestas situações podem optar por dar oportunidade a pessoas que não possuem todos os diplomas necessários. Mas esteja ciente que, se existir a opção de um professor formado, este será sempre escolhido!

Mesmo que este possua menos conhecimentos sobre a língua ou a cultura,

Mas se gosta de árabe dar aulas numa escola não é a única opção de carreira! Até mesmo um falante nativo sem experiência se pode tornar professor particular online, por exemplo.

Para poder fazer isso apenas terá que estar coletado como trabalhador independente, de forma a não praticar a sua atividade de forma ilegal.

Dar aulas de árabe particulares

Gostava de saber quais os motivos para dar aulas de árabe ou gostava de ensinar árabe mas não quer trabalhar numa escola ou só quer ganhar algum dinheiro extra enquanto partilha os seus conhecimentos, pode trabalhar de forma independente e cobrar o que achar adequado pelas suas aulas.

Ser professor particular como trabalhador independente

Ao abrir atividade por conta própria será um professor de árabe freelancer ou independente e poderá dar aulas tanto a crianças como adultos.

lapis e caderno
Se quer ser professor mas não quer dar aulas de árabe numa escola, pode tornar-se professor por conta própria| Fonte: unsplash.com

Ao trabalhar como freelancer pode escolher entre trabalhar em casa, dar aulas de árabe na casa alunos ou até mesmo dar aulas online por webcam. O objetivo comum é sempre o mesmo: ajudar os estudantes a aprender árabe, a desenvolver as suas capacidades a proporcionar-lhes todos os recursos disponíveis para as aulas de árabe que possam auxiliar no processo.

Para trabalhar como professor de árabe independente, só tem que abrir atividade no Portal das Finanças.

Desta forma, poderá passar faturas ou recibos por cada curso de árabe que lecionar e garantir que tudo está declarado e legal. Cada aula ou curso dará origem a uma fatura numerada e pode ser boa ideia manter um registo contabilizado.

E não se preocupe se, tal como a maioria, não se dá bem com a matemática. Os impostos são simplificados de forma a serem acessíveis e compreendidos por todos.

Se for mais fácil para a sua vida diária e contabilidade, pode sempre oferecer pacotes de aulas aos seus alunos e, desta forma, evitar ter que cobrar um valor no final de cada aula particular de árabe.

Isto porque pode, por exemplo, emitir uma fatura para várias aulas ao mesmo tempo. Isso não impede, no entanto, que possa providenciar algumas facilidades de pagamento aos seus alunos se o quiser fazer.

Outra grande vantagem de ter atividade por conta própria aberta é que pode combinar essa atividade com um outro trabalho assalariado.

Aliás, se for este o seu caso, e o valor anual ganho for inferir a 10.000€, nem precisa de fazer contribuições nos seus recibos para o IRS.

Desta forma, as suas férias ou folgas serão uma oportunidade de viver aquilo que realmente gosta e organizar cursos de árabe, ensinar a cultura e partilhar a sua experiência.

Quer ser professor de árabe a tempo inteiro? Já sabe como o pode fazer! Transmita todos os conhecimentos que possui aos novos alunos.

Agora que já explicamos como se pode ver livre das tarefas administrativas, terá todo o tempo do mundo para se focar em preparar as suas aulas de árabe.

Ser professor particular com a sua própria empresa

Se estiver a antecipar dar aulas de árabe a um elevado número de alunos ou se o seu volume de negócios é muito grande então vai precisar de ter um estatuto legal e tributário diferente.

calculadora e papel
Pode ser uma boa ideia contratar um contabilista e contar com a sua ajuda para lidar com as taxas e impostos| Fonte: unsplash. com

Se este é o seu caso, isto que dizer que terá que abrir a sua própria empresa para poder trabalhar como professor de árabe, e provavelmente, será melhor contratar um contabilista.

Desta forma terá a ajuda necessária com toda a parte burocrática e financeira e já poderá concentrar-se apenas em preparar as suas aulas de árabe ou curso arabe, em pensar como vai ensinar o alfabeto árabe, as melhores dicas de fonética e todos os truques importantes para que o aluno se mantenha focado na sua aprendizagem e aumente o seu entusiasmo pela língua.

É mesmo necessário estar coletado para dar aulas de árabe?

Entendemos que possa sentir uma grande tentação de dar aulas de árabe sem as declarar. Afinal, com valores tão pequenos com 10€ aqui e 20€ ali ninguém vai sequer dar conta.

Até porque normalmente, nestes métodos de trabalho informal, o método de pagamento é sempre em dinheiro, pago diretamente.

No entanto, se quer realmente quer ser um professor árabe particular, e ter anúncios dessa atividade, esta não é uma boa solução. Até pode pensar que está a arriscar pouco ao trabalhar sem declarar os seus rendimento. Na verdade, só é preciso uma denúncia ou investigação.

A potencial ameaça é que alguém alerte a Atividade Tributária e isso desencadeia uma investigação a todas as suas contas, rendimentos e valores declarados das aulas particulares e outras atividades, o que pode levar a consequências graves, inclusive coimas.

Pense se existisse um profissional concorrente que oferecia exatamente os mesmos serviços mas que tinha o valor das aulas potencialmente mais barato porque não as declara. Não ia considerar isso concorrência desleal? Também deve ter alguma prudência com os alunos a quem dá aulas, nunca sabe com o que contar.

Como já deve ter percebido após ler este artigo, se tem intenções de dar aulas de árabe, existem várias opções disponíveis de acordo com seu perfil e com o tipo de trabalho que procura.

Se quer dar aulas de árabe porque precisa de completar os rendimentos no final do mês ou simplesmente porque quer ser o seu próprio chefe e trabalhar por conta própria, deve começar por abrir atividade no Portal das Finanças. Daí para a frente é só preparar as suas aulas e começar!

Quer encontrar estudantes de forma fácil e rápida para as suas aulas de árabe? Inscreva-se como professor na plataforma da Superprof e explique extensamente no seu perfil qual é a sua formação, que experiência tem e as todas as informações relevantes para que os seus futuros alunos o possam avaliar. Aproveite também para publicitar o preço que vai cobrar pelas suas aulas de árabe. De certeza que assim vai encontrar alunos num instante!

Precisa de um professor de Árabe ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.