O árabe é uma língua falada em vários locais do mundo, mas pode parecer muito difícil de aprender.

Na verdade, com as suas 28 letras, sem maiúsculas e escrito da direita para a esquerda, conseguimos entender o receio dos alunos.

Mas a questão não deve ser se aprender arabe é difícil, mas se realmente vale a pena e a resposta é claro que sim.

Hoje em dia falar um idioma considerado raro ou muito difícil, como o árabe, coreano ou chinês, é uma capacidade muito requisitada, especialmente pelas empresas.

Devido às diferenças óbvias entre a língua árabe e as línguas latinas, aprender a falar árabe pode parecer demasiado complicado ou até mesmo desafiador. Mas quando iniciar a sua aprendizagem, quando encontra o curso certo para aprender árabe e se torna fluente na língua, acabar por ganhar uma grande mais valia a seu favor.

pessoa preocupada
Não se preocupe, aprender árabe não é tão difícil como parece| Fonte: unsplash.com

E com a Superprof, ser um mestre em árabe é possível e acessível a todos estudantes, independentemente da cidade onde vivam. Neste artigo em particular vamos focar-nos no Funchal, na ilha da Madeira, mas saiba que pode aprender o alfabeto arabe em qualquer cidade do país.

Será que é possível aprender a língua arabe num lugar como o Funchal? Claro sim! Se quiser saber onde só tem que continuar a ler.

Os melhores professores de Árabe disponíveis
1ª aula grátis!
Bahir
5
5 (7 avaliações)
Bahir
16€
/h
1ª aula grátis!
Hicham
5
5 (4 avaliações)
Hicham
15€
/h
1ª aula grátis!
Sanaa
5
5 (4 avaliações)
Sanaa
20€
/h
1ª aula grátis!
Hamdi
Hamdi
10€
/h
1ª aula grátis!
Assari
Assari
12€
/h
1ª aula grátis!
Fernando
Fernando
8€
/h
1ª aula grátis!
Fares
Fares
15€
/h
1ª aula grátis!
Jessica
Jessica
25€
/h
1ª aula grátis!
Bahir
5
5 (7 avaliações)
Bahir
16€
/h
1ª aula grátis!
Hicham
5
5 (4 avaliações)
Hicham
15€
/h
1ª aula grátis!
Sanaa
5
5 (4 avaliações)
Sanaa
20€
/h
1ª aula grátis!
Hamdi
Hamdi
10€
/h
1ª aula grátis!
Assari
Assari
12€
/h
1ª aula grátis!
Fernando
Fernando
8€
/h
1ª aula grátis!
Fares
Fares
15€
/h
1ª aula grátis!
Jessica
Jessica
25€
/h
1ª aula gratuita>

Carreiras possíveis para quem fala árabe

Sabemos que num mundo que está cada vez mais globalizado, falar várias línguas é sempre uma vantagem. Por esse motivo, saber falar árabe, sobretudo a um nível avançado, é uma mais valia no currículo de qualquer pessoa e pode abrir portas a várias oportunidades profissionais, quer em Portugal como fora do país.

Para os alunos que são apaixonados pela língua, história, literatura ou cultura árabe há várias carreiras que podem ir ao encontro desses interesses. De facto, existem várias opções profissionais para quem fala e escreve árabe a um nível proficiente, e até algumas para quem tem apenas um nível mais intermédio. Entre elas:

  • professor de árabe;
  • empregado ou gerente num hotel;
  • administrativo em escritórios ou empresas que exijam conhecimento de árabe;
  • assistente de bordo;
  • tradutor técnico ou literário;
  • apoio ao cliente em árabe;
  • revisor de textos na língua árabe;
  • redator de publicações em árabe;
  • designer ou marketeer em empresas árabes;
  • trabalhador em organismos ou instituições árabes ou internacionais.

Como pode constatar são várias as razões pelas quais fazer um curso de árabe é, sem dúvida, uma boa ideia que trará inúmeras vantagens para o futuro. E não deixe de seguir os seus sonhos só porque mora noutra cidade que não no Funchal, pode começar a aprender no Porto por exemplo já hoje mesmo.

Cursos de árabe no Funchal

Se a sua ideia é ter uma carreira profissional que envolva a língua árabe, fazer um curso arabe numa instituição ou escola de línguas pode ser a opção ideal para si.

biblioteca com livros
Se quer seguir carreira profissional relacionada com árabe, fazer um curso numa escola de línguas pode ser o ideal| Fonte: pixabay.com

Existem várias escolas por onde escolher, como é o caso da Academia de Línguas da Madeira, uma associação sem fins lucrativos que oferece opções de cursos regulares, intensivos, em módulos ou até mesmo para fins específicos.

Embora este tipo de cursos sejam uma boa opção para quem quer aprender mais do que o alfabeto árabe, não é necessário tirar um curso de árabe para aprender a língua. Além disso, estes cursos acarretam custos mais elevados por isso se tem algum em vista prepare-se para despender de parte das suas poupanças. Será sem dúvida um investimento no seu futuro, mas poderá ter que apertar o cinto durante alguns meses.

E não se preocupe se não morar no Funchal, porque também existem locais onde pode aprender árabe na capital do país e muitas outras cidades.

Aprender árabe com aulas de arabe particulares

Conseguimos entender que possa parecer difícil aprender árabe numa ilha, mas na verdade é possível aprender e estudar árabe em qualquer ponto do país e o Funchal não é exceção. Mas como? Com a Superprof, claro!

Antes de começar a pesquisar na nossa plataforma as opções que tem disponíveis, deve primeiro avaliar o nível de árabe que possui. Se vai começar do zero e tem pouco, ou nenhum, conhecimento da língua, vai começar num nível muito inicial, onde vai aprender as bases da língua, o alfabeto e numeração arabe, vocabulário básico e alguns tempos verbais.

Por outro lado, se já iniciou o estudo da língua anteriormente e possui algumas bases consolidadas, vai continuar a explorar a gramática, o vocabulário, e as regras da fonética e pronúncia com mais detalhe e profundidade para falar fluentemente e com correção, e essas aulas terão um nível mais avançado.

Se não tiver qualquer noção do nível em que se encontra, pode pedir ao professor para, durante a primeira aula, fazer uma pequena avaliação ou teste diagnóstico para poder perceber os conhecimentos que já possui e, desta forma, ter aulas adaptadas às suas necessidades e dificuldades reais. Precisamente por este motivo, normalmente a primeira aula com um professor da Superprof é gratuita.

pessoa a estudar
O nível de fluência que possui vai determinar o conteúdo das aulas de árabe| Fonte: pixabay.com

Isto porque na plataforma da Superprof existem diferentes tipos de professor, com métodos e abordagens diferentes. Vai encontrar professores mais jovens, alguns que ainda são estudantes e estão a concluir a sua formação universitária, que podem criar aulas mais dinâmicas e interativas (e mais interessantes) e criar mais facilmente uma relação com os alunos.

Mas também existem professores mais experientes, com um currículo vasto e muita experiência prévia, mais que habituados a lidar com as dificuldades e dúvidas dos alunos, e com variados truques e técnicas especiais que aprenderam no seu percurso para ajudar a resolver as adversidades que surgem na aprendizagem de árabe. E sem esquecer os professores que são falantes nativos, prontos a partilhar todos os seus conhecimentos e dicas de pronúncia e sotaque, para que enuncie cada palavra e os nomes arabes da forma correta.

Todos estes professores e as suas respetivas metodologias trarão diferentes benefícios aos alunos. Por isso, deve ponderar bem antes de escolher o seu professor particular, para ter a certeza que escolhe a pessoa certa para o ajudar a atingir os seus objetivos e metas na aprendizagem de árabe. E pode fazê-lo a partir de qualquer cidade do país, porque também existem aulas de árabe em Coimbra, por exemplo.

Na Superprof também pode optar por ter aulas individuais, nas quais o professor está concentrado exclusivamente no aluno, nas suas dúvidas e dificuldades ou por aulas em grupos, sempre pequenos e que podem ser mais acessíveis. Escolher uma ou outra opção depende das suas preferências e metas.

Se tiver um grupo de amigos que queira aprender árabe e queira poupar mais algum dinheiro esta pode ser uma boa opção para si, até porque vai poder praticar a conversar com os seus colegas. Mas se for possível, recomendamos que escolha as aulas individuais para usufruir ao máximo do seu professor.

aulas de grupo
Para garantir o seu sucesso, prefira aulas de árabe individuais em vez de aulas de grupo| Fonte: pixabay.com

Noutras cidades do país os alunos têm hipótese der ter aulas de árabe presenciais, em sua casa, em casa do professor ou até num local público acessível a ambos, como é o caso das aulas de árabe em Faro. No entanto, no caso do Funchal, rodeado por mar, isso pode ser mais complicado. Mesmo assim, pode aprender árabe online, via webcam ou uma plataforma de videoconferência como o Skype ou o Zoom, sem se preocupar com as distâncias.

Ao contrário do que possa pensar, as aulas virtuais são uma opção bastante viável, devido aos recursos e às tecnologias que existem hoje em dia.  Com a partilha de ecrã o professor faz as suas explicações de forma tão clara como se estivesse presente e, com um par de auscultadores, o aluno terá acesso aos mesmos materiais de apoio auditivos. Além disso, tem a vantagem de não precisar de sair de casa e poupar tempo em viagens. Também poupa no valor das aulas, uma vez que as aulas virtuais são mais económicas e custam em média apenas 10€.

Mesmo sendo virtuais, as aulas possuem uma vertente teórico e uma vertente prática e são personalizadas de forma a se adequar a todas as necessidades e dificuldades do aluno. É importante lembrar-se que, embora as aulas sejam dadas em português, para que compreenda totalmente os conceitos explicados pelo professor, vai passar parte do seu tempo de aula a tentar dialogar em árabe e a praticar a sua pronúncia.  Isto porque quando aprende uma língua estrangeira, deve tentar fazer uma imersão total na mesma e tentar falar praticamente sempre na língua que se está a aprender neste caso o árabe.

Esta técnica permite uma aprendizagem mais eficaz, mas independentemente do método seguido pelo professor, os alunos podem sempre contar com um ambiente positivo e confortável, e com a liberdade de escolher os seus próprios horários de aprendizagem, têm todas as ferramentas para se tornarem fluentes em árabe sem qualquer problema.

Já ficou convencido que com a Superprof pode aprender árabe em qualquer lugar? No norte do país e até em Viseu, a língua árabe é acessível a todos.

Precisa de um professor de Árabe ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.