"Não importa o quão bela seja a vida, é difícil. A vida, escreveu um dos meus amigos, é tocar violino em público e aprender a tocá-lo ao mesmo tempo." Edward Morgan Forster (1879-1970)

Saber tocar os instrumentos de um quarteto de cordas - como o violoncelo e a viola - e especialmente o violino requer cursos de música completos: teoria musical, ritmo e a leitura de cada nota das partituras, técnicas e posicionamento dos dedos (vibrato, tremolo, pizzicato) etc.

Para isso, é absolutamente necessário ter aulas de violino com um professor de música experiente.

Algumas pessoas dizem que a maioria dos instrumentistas começa a praticar um instrumento antes dos 15 anos de idade.

Porém, nunca é tarde para aprender a tocar um instrumento! Saiba quanto custa uma aula de violino, por exemplo. Muitas pessoas apenas começam a sua prática musical após a adolescência.

Quer se trate de despertar musical, aulas de violino para iniciantes ou para adolescentes e adultos, eis como escolher um professor de violino com base na sua experiência.

Os melhores professores de Violino disponíveis
1ª aula grátis!
Esin
5
5 (14 avaliações)
Esin
20€
/h
1ª aula grátis!
Johann velislav
5
5 (5 avaliações)
Johann velislav
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (16 avaliações)
Mariana
25€
/h
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (6 avaliações)
Filipa
15€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (10 avaliações)
Ricardo
12€
/h
1ª aula grátis!
Tânia
Tânia
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (4 avaliações)
Mariana
8€
/h
1ª aula grátis!
Sara margarida
5
5 (11 avaliações)
Sara margarida
15€
/h
1ª aula grátis!
Esin
5
5 (14 avaliações)
Esin
20€
/h
1ª aula grátis!
Johann velislav
5
5 (5 avaliações)
Johann velislav
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (16 avaliações)
Mariana
25€
/h
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (6 avaliações)
Filipa
15€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (10 avaliações)
Ricardo
12€
/h
1ª aula grátis!
Tânia
Tânia
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (4 avaliações)
Mariana
8€
/h
1ª aula grátis!
Sara margarida
5
5 (11 avaliações)
Sara margarida
15€
/h
1ª aula gratuita>

As perguntas que deve fazer antes das aulas de violino

Quando quer ensinar a tocar violino, ser um amante da música obviamente não é suficiente.

O nível de prática musical é um parâmetro variável dependendo dos músicos e dos professores de música...

Às vezes, um autodidata toca melhor que um professor que tem um curso superior de música. Tudo varia!

mulher a tocar violino com fundo cinzento
O nível de prática e experiência de cada um dos professores pode variar bastante| Fonte: pixabay.com

Não queremos dizer que cada aluno deve encontrar um violinista virtuoso e de sucesso para ser o seu professor. Mas deve, no entanto, usar a educação para mostrar como tocar corretamente, em diferentes estilos (clássico, violino de jazz, jazz cigano, folclórico, klezmer ou jazz rock), ler notas musicais, etc.

Já comprou o seu? Stradivarius, Höfner, Eagle, Stentor?

A primeira coisa a perguntar é necessariamente o seu método de ensino.

Passou por um diploma de professor de música (licenciatura?), pelo Conservatório Nacional ou uma orquestra conhecida?

Há quantos anos pratica música?

Resumindo, é necessário orientar as perguntas como se estivéssemos numa entrevista de emprego (não deixa de ser, não é?). E, mais particularmente, de acordo com os objetivos do aluno.

Ter aulas em casa de música para aprender violino, para o prazer de tocar algumas peças (Vivaldi, Monteverdi, Lully, Paganini, Menuhin e Grappelli) ou para melhorar a sua prática instrumental, tudo isso terá impacto sobre a escolha do professor:

  • Aprender a decifrar as notas: com um pouco de experiência, até mesmo um professor de piano estudantil será suficiente;
  • Ensinar música a crianças pequenas: um pouco de cultura musical e experiência na aula de despertar musical;
  • Dar aulas de violino online para participar num grupo musical: um professor de nível médio será o suficiente,
  • Treinar para uma prova ou inscrição numa academia de música, conservatório ou numa orquestra sinfónica: será necessária uma grande experiência.

Note que a maioria dos instrumentistas acabou por aprender a tocar os seus instrumentos musicais por si próprio. Ser um virtuoso no violino ou ter uma musicalidade perfeita não significa ensinar bem!

No entanto, a maioria dos músicos profissionais também acabam por ensinar se eles querem viver apenas da sua arte. Porque apenas o salário de músico muitas vezes não dá para pagar as contas todas do mês…

Assim, um professor de violino também deve ter, na nossa opinião, habilidades em psicologia, ciências da educação, na história da música e na literatura musical.

Que formação e diplomas têm os nossos professores?

Encontramos uma forte correlação entre o valor da hora de aula e o nível de experiência e versatilidade do professor. Pelo menos, é o que podemos constatar na plataforma da Superprof entre os perfis dos professores.

Quanto mais o professor de música é experiente no ensino de violino, mais ensina a alto nível e mais pode cobrar pelas suas aulas.

mulher a tocar violino num jardim
Tem que decidir se precisa que o seu professor seja um músico formado, uma vez que isso pode influenciar o preço das aulas| Fonte: pixabay.com

Por outro lado, quanto mais jovem for o professor ou o aluno, normalmente mais barato será o curso.

Então, como escolher um professor para suas aulas de música? Tornar-se um violinista com professores experientes é o melhor caminho, ao que parece!

Aqui está uma breve análise comparativa dos perfis lidos na nossa página da Superprof sobre professores de violino em Portugal:

A M., por exemplo, dá aulas de violino em Lisboa, por 25€ por hora: o seu perfil é super completo, ela tem um mestrado em ensino de música e é violinista com mais de 10 anos de experiência.

A E., professora no Porto, é violonista há mais de 15 anos e já tocou em várias orquestras nacionais e internacionais. As  suas aulas custam 20€ por hora e também oferece a possibilidade de fazer aulas de violino online.

Vamos exemplo o exemplo da R., professora em Braga. Tem uma licenciatura em música, dá aulas de violino, piano, formação musical, coro e música para bebés. Cobra 15€ por hora.

A J. é professora em Aveiro. Tem uma vasta experiência como professora e dá aulas aulas particulares online de violino para iniciantes ou de nível intermédio a todas as idades.

A B. esta a terminar o mestrado e cobra 12€ por hora de aula também em Aveiro.

Não podemos detalhar todos os perfis porque contamos com muitos professores de violino em todo o país. Mas a tendência geral que emerge é esta: a formação musical dos nossos professores de violino é de grande qualidade, com um nível elevado de qualificações.

E claro, o preço das aulas de violino é um critério muito importante quando tem que escolher um professor. Não vai escolher um certo professor se não puder pagar o preço das suas aulas, certo?

Ao analisar os preços, saiba que muitos professores fazem pacotes de aulas. Quanto mais aulas o aluno se comprometer a fazer, mais barato elas vão ficar. Por isso, se tiver intenção de fazer aulas com frequência, fale com o seu professor e veja se existe algum desconto.

Claro que, se irá ter o desconto ou não, isso é outra história! Mas não custa nada pedir, não é?

Professor e violinista profissional?

Na nossa opinião, fazer um curso de violino com um violinista profissional só faz sentido se estiver à procura de um desenvolvimento de alto nível.

Porque é que se quer tornar num violinista profissional? Para se preparar para tocar numa orquestra?

Aprender  violino é um trabalho árduo. Este instrumento exige muito rigor, especialmente se quer conseguir improvisar e compor.

violino com folhas na relva
Vai precisar de se esforçar para aprender violino, mas tem a ajuda do professor| Fonte: pixabay.com

Muitos músicos profissionais ensinam e dão aulas particulares porque não têm necessariamente tempo para ser empregados numa escola de música, daí o interesse em dar aulas particulares de violino.

Ou até mesmo porque as aulas particulares podem ser muito mais rentáveis que o salário em escolas de música. Realmente, isso depende de cada caso! Mas é certo, muitos músicos profissionais ganham a vida também com aulas particulares do seu instrumento.

Outra vantagem das aulas particulares para um músico também é a flexibilidade dos horários para poder dar aulas de teoria musical e violino.

No entanto, criar música é como jogar xadrez: progredimos ainda mais quando enfrentamos jogadores mais experientes.

Se tem a ambição de integrar uma orquestra filarmónica, uma orquestra de câmara ou integrar um curso superior de música, é melhor escolher ter aulas com um violinista profissional.

Mas tenha cuidado, como vimos, quanto maior a experiência, mais alto é o preço dos cursos de violino (o que é normal, porque o professor dedicou-se bastante para chegar ao seu nível e merece ser bem remunerado!).

Se o violinista iniciante espera um dia ser capaz de tocar como um violinista profissional com a mesma finesse (boa sorte!), é melhor passar por um professor graduado de uma faculdade de música. É quase obrigatório (claro, cada caso é um caso).

Ou um professor com menos experiência?

Se quer aprender violino para aprender a tocar sozinho numa pequena banda e fazer música com amigos em bares da cidade (por exemplo), seria apenas perder dinheiro ter aulas com um professor de alto nível.

Não há necessidade de aprender com um virtuoso profissional para aprender o básico do instrumento.

A rua é tranquila, os convidados também. Se não tiver aulas com o melhor professor de violino de todos, não quer dizer que a sua banda de jazz não vai ter sucesso!

violinos com fios de luz
Se se aplicar, pode passar a dar espetáculos de violino| Fonte: pixabay.com

Mesmo em escolas de iniciação musical, pode encontrar um professor que já deu muitos concertos, que toca desde novo ou é um membro de uma orquestra filarmónica.

É importante escolher um professor qualificado - ou pela sua experiência, ou pelos seus estudos, ou pelos dois! Muitas vezes, um músico não tem diploma, mas não deixa de ser competente para ensinar o seu instrumento.

Por exemplo, se não consegue tirar uma melodia de ouvido, pode sempre continuar a praticar em casa.

Escolher um professor com apenas alguns anos de experiência musical, no entanto, pode acabar por ser um grande risco.

Então, encontrar um equilíbrio depende de cada aluno: do seu objetivo, do seu nível... Tenha bom senso!

Precisa de um professor de Violino ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.