Já dizia o ditado que “quem canta, seus males espanta” e não podia ser mais verdade. Isto porque, cantar com frequência, tem a capacidade de aumentar a qualidade de vida de qualquer pessoa.

No entanto, nem todos os alunos têm a hipótese ou vontade de entrar para um conservatório, fazer cursos ou serem grandes cantores. Mas independentemente de quererem seguir carreira musical ou não, é essencial que os alunos tenham uma aula de voz para garantir que mantêm a sua saúde vocal e retiram todos os benefícios possíveis da arte.

Um professor de canto tem a capacidade de oferecer as ferramentas e técnicas corretas para que os alunos atinjam todos os seus objetivos e que utilizem cada aula para aproveitar todas as vantagens de saber mais técnica e como trabalhar as cordas vocais corretamente. Por isso, continue a ler para saber mais sobre a história desta arte e todas as nossas dicas sobre as aulas de voz.

microfone preto
As aulas vocais têm uma enorme importância, e são muito mais do que uma forma de saber mais técnica. | Fonte: Unsplash.com

Sabe quais são os locais onde pode dar aulas de voz?

Os melhores professores de Canto disponíveis
Kelly
4,9
4,9 (15 avaliações)
Kelly
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maja
5
5 (37 avaliações)
Maja
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (25 avaliações)
Susana
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rosy
5
5 (29 avaliações)
Rosy
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Lara
5
5 (11 avaliações)
Lara
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (13 avaliações)
Sandra
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (12 avaliações)
Diogo
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Beatriz
5
5 (15 avaliações)
Beatriz
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Kelly
4,9
4,9 (15 avaliações)
Kelly
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maja
5
5 (37 avaliações)
Maja
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (25 avaliações)
Susana
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rosy
5
5 (29 avaliações)
Rosy
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Lara
5
5 (11 avaliações)
Lara
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (13 avaliações)
Sandra
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (12 avaliações)
Diogo
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Beatriz
5
5 (15 avaliações)
Beatriz
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

História e evolução do canto

Não podemos apontar uma data concreta para o aparecimento do canto, mas podemos afirmar com certeza que está presente nas nossas vidas desde o início dos tempos e foi evoluindo até aquilo que conhecemos hoje como uma vertente da música.

A música vocal estava presente nas manifestações dos povos antigos associada à dança e ao seu caráter ritualístico. Sabemos, por exemplo, que os povos indígenas, desde os tempos mais remotos, celebravam com canto e dança as festividades e os rituais de passagem do seu quotidiano. Mas os primeiros registos oficiais do canto datam ao século IX, na Grécia Antiga, com a Ilíada e os seus versos cantados.

Este tipo de canto e comunicação é conhecido por melopeia, e era o principal instrumento utilizado para narrar e contar a “tragédia grega”. Também são desta época as primeiras anotações de canto de Guido D’Arezzo, o dono da nomenclatura das notas musicais que conhecemos nos dias de hoje.

Como era de esperar, o canto passou a ter uma grande influência religiosa, uma vez que podia ser utilizado para ensinar as passagens da bíblia de forma simples, com melodias básicas, que permitiam aprender o que estava a ser cantado. Por esse motivo, e até à época da idade média, as missas era cantadas.

No entanto, não existia acompanhamento de instrumentos e as mulheres não podiam cantar. Como o seu tom de voz é mais agudo, havia receio de que a música não fosse uníssona e de que a sua capacidade de atingir variados timbres e notas musicais fosse pecaminoso.

Mas, com o passar do tempo, o canto foi evoluindo e essas preposições foram mudando, com a introdução da melodia, várias pessoas passaram a poder cantar, incluindo mulheres e crianças, e os instrumentos musicais foram introduzidos na música, acompanhando as vozes.

Essa evolução deveu-se em parte às colonizações do ocidente, uma vez que a música e o canto eram utilizados como forma de passar conhecimentos dos colonizadores aos povos colonizados e também para demostrar novas perspectivas subjectivas e objetivas do mundo.

Desta forma, foi-se desenvolvendo de variadas formas e adequou-se à sociedade mais evoluída. Assim, o canto deixou de ser um elemento encontrado apenas nas igrejas, para estar presente nas ruas e nas encenações musicais em teatro, até chegar à formas de cantar e aos ritmos que conhecemos nos dias de hoje.

Passou a ser uma forma de expressar todo o tipo de sentimentos e de contar histórias, e está presente em todo o tipo de cerimónias e celebrações do nosso dia a dia. Tem uma importância enorme em todas as culturas mundiais e demonstra a sua sensibilidade, passando a ser considerada uma arte essencial da humanidade.

O canto é de tal importância que pode até ser utilizado como forma de terapia, uma prática que foi iniciada há muitos anos, como forma de aliviar a dor. Nos dias de hoje, existem tratamentos terapêuticos que utilizam o canto para tratar diversas disfunções como: reumatismo, Parkinson, fibromialgia, esclerose múltipla, disfunções vocais e de fala, depressão, insónias, ataques de pânico, problemas respiratórios, entre outros.

Isto coloca uma grande questão, sabe quais são os benefícios do canto e do treino vocal?

notas musicais
O professor tem uma papel muito importante durante o curso de canto, uma vez que é nesses cursos que se passam todas as informações essenciais referentes a uma melhor capacidade musical.

Sabe quais são os recursos necessários para dar aulas de técnica vocal?

Benefícios do canto na saúde física e mental

São inúmeros os benefícios do canto para a nossa saúde física e mental. Já foi comprovado cientificamente que cantar tem reações muito positivas no nosso cérebro, uma vez que permite diminuir o stress, melhorar a coordenação motora, fortalecer o sistema imunológico, reduzir sintomas de depressão e ansiedade (que se tornam cada vez mais recorrentes nos dias de hoje) e, até, ajudar a manter uma boa pressão respiratória em pessoas com doenças pulmonares obstrutivas crónicas.

Sabemos o que está a pensar, fortalecer o sistema imunológico? Aumentar a capacidade respiratória? Ao aprender a cantar? Pode parecer impossível, mas não é nada mais do que a verdade. Uma investigação da Universidade de Frankfurt detetou um aumento de proteínas que funcionam como antibióticos e proteção imunológica em cantores que praticam e ensaiam o canto durante muito tempo. Por isso, saber cantar pode aumentar a capacidade de defesa do seu corpo.

E além disso, durante uma aula de canto o aluno faz exercícios de respiração. Este tipo de exercícios fortalece o seu diafragma e ajuda a estimular a circulação sanguínea, o que permite um aumento da capacidade respiratória. Para aprender a respirar de forma correta, para conseguir projetar a voz e atingir as notas musicais, também será necessário treinar a postura e o posicionamento do corpo. O que quer dizer que vai acabar por a fortalecer o abdómen e os músculos das costa, o que permite melhorar os problemas de costas e eliminar as más posturas que causam tantas dores no final do dia.

Tal como em qualquer prática que exija um esforço de alguma parte do corpo, acaba por existir fortalecimento muscular e cansaço. Sim, porque mesmo estando parado, enquanto canta está a fortalecer os músculos da garganta e do palato. Isso leva a que fique mais cansado no final das aulas de canto e do curso, o que vai melhorar muito a qualidade do seu sono. Um corpo mais cansado descansa melhor, para recuperar todas as energias.

Existem até casos em que através dos exercícios vocais, várias pessoas conseguiram diminuir ou até mesmo abandonar o uso do tabaco, álcool, e drogas, que são altamente prejudiciais para os pulmões e para os reflexos auditivos e visuais.

No entanto, deve ter muito cuidado com a prática do canto de forma incorreta, que pode trazer vários prejuízos à saúde vocal. Por isso se alguém quer aprender a cantar deve pedir ajuda a um professor de canto profissional.

ponta do microfone
Os benefícios de um curso de canto são inúmeros porque permitem que se aprenda técnica, capacidade musical e se melhore a saúde. | Fonte: Unsplash.com

Descubra quanto pode cobrar pelas suas aulas de voz.

Motivos para ter aulas de canto

Ter uma boa voz bonita nem sempre é suficiente para cantar bem e ser cantor profissional. As cordas vocais são músculos que, como qualquer outro, devem ser exercitadas para se manterem saudáveis e ganhar mais capacidade. É importante que aluno que se quer tornar cantor, entre as coisas que faça antes de iniciar as aulas de voz, seja saber o estado da sua saúde vocal. Só depois é que deve começar o curso.

E é precisamente por isso que os cursos e a aula de canto são importantes, porque são uma preparação física e psicológica que melhora o ato de cantar. Fazer uma aula tem três grandes benefícios:

  • Mantém a musculatura ativa através de exercícios específicos para as cordas vocais e laringe, além de exercícios de respiração;
  • Ajuda o cantor a ter disciplina para se dedicar ao estudo da voz;
  • Melhora a técnica vocal de quem já sabe cantar.
suporte de microfone
Existem várias razões para fazer um curso ou ter aulas musicais e de voz. | Fonte: Unsplash.com

É isto que permite que o aluno passe de um cantor amador para um profissional e só será possível através das aulas. É nelas que se aprende:

  • Extensão vocal: cada pessoa tem uma extensão vocal (alcance da voz) diferente, e é por esse motivo que existe uma altura mais confortável para cantar.
  • Aquecimento e arrefecimento: a aula de canto ensina os alunos a aquecer e arrefecer a voz quanto estão a cantar, o que ajuda a preservar a sua saúde vocal;
  • Vocalizes: técnicas de prática de afinação e precisão vocal (emissão e projeção da voz, afinação, ritmo, timbre);
  • Velocidade, dinâmica e pronúncia: as aulas trabalham a agilidade do vocalista ao mudar de notas musicais e a boa dicção e articulação;
  • Interpretação: trabalha o repertório do artista, orientando-o sobre os recursos interpretativos e sobre o estilo pessoal.

Tudo isto são técnicas indispensáveis à arte que o aluno terá muito mais facilidade em aprender num curso, com a ajuda de um professor particular. É com esse apoio e muitas aulas, que será capaz de aperfeiçoar a emissão e projeção da voz e tornar-se num profissional musical.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.