Para aprender um idioma, seja alemão, espanhol, italiano ou, neste caso, francês, a teoria tem sua importância! Sem as bases, é difícil progredir.

A língua francesa tem 274 milhões de falantes e é a língua oficial de 29 países em todo o mundo, você sabia?

Claro, sem querer influenciar a sua escolha de qual língua estrangeira estudar, o francês é uma boa opção considerando todos esses francófonos espalhados pelo mundo!

Para aprender a língua de Molière, você pode frequentar aulas particulares ou grupais. Mas seu professor certamente irá recomendá-lo ler certos livros para expandir seu conhecimento.

E se você é autodidata e quer aprender francês, obviamente terá que recorrer a livros, não é mesmo?

Se você vai para Paris, Toulouse, Montreal, territórios ultramarinos franceses (Guiana Francesa, Martinica, Guadalupe, Polinésia Francesa...) ou para o simples prazer de aprender outro idioma, a Superprof vai te dar uma ajuda com as melhores leituras para aprender o francês.

Os grandes clássicos do aprendizado do francês

O melhor mesmo é começar com os materiais didáticos que lhe fornecerão as bases do alfabeto, gramática, ortografia, conjugação e vocabulário da língua da França.

Conheça a arte da França e sua língua
Você conhece os pintores impressionistas franceses?

Através deles, você poderá melhorar o aprendizado de sua língua e aprender a pronunciar e usar corretamente até as palavras mais complicadas.

O método Assimil para aprender francês

É um método sólido e eficaz baseado em:

  • Estudos
  • Repetição
  • Asimulação intuitiva

O pacote consiste em 1 livro de 113 lições em 608 páginas, 4 CD de áudio e 1 CD MP3 com duração de 3h10. Eles abordam os pontos essenciais da gramática francesa, vocabulário frequente e exercícios.

Você vai assimilar o idioma duas vezes:

  • A fase passiva: essa é uma primeira fase em que você ouve, repite e lê, mas não forma suas próprias frases.
  • A fase ativa: você não passa para a fase ativa até depois de aproximadamente 50 aulas de 20 a 30 minutos por dia. Nessa fase, as aulas passivas são retomadas uma a uma adicionando uma aula ativa. Você tem, portanto, duas lições diárias.

Finalmente, na última fase, você terá que manter uma conversa fluente para verificar se conhece bem a gramática e o vocabulário francês. É melhor você conhecer um francófono para poder praticar as conversas na língua.

Com meia hora por dia para fazer os diálogos, exercícios fáceis e revisão de aulas de francês (através de aplicativos), você consegue aprender bastante coisa. Em alguns meses, você pode conversar sem dificuldade! Um adulto pode dominar e usar cerca de 1500 palavras depois de usar este método.

Se você quiser usá-lo, esse manual para aprender francês é muito útil!

O método Assimil, que já tem 85 anos, abriu as portas de línguas estrangeiras a milhões de pessoas. Resta saber se é o que você está procurando...

Aprenda francês e visite os museus de Paris
A França é um país conhecido pela sua produção cultural

Pense que, o fator mais importante para aprender um idioma não é o material em si, mas a motivação da pessoa. É preciso ter rigor e disciplina, especialmente se você fizer isso por conta própria.

Nós gostamos:

  • Do método, baseado na assimilação intuitiva
  • Do tempo consagrado diariamente: 20-30 minutos
  • Do resultado depois de usar o método

Nós gostamos menos:

  • Do preço, é um pequeno investimento

Para Leigos Francês

Você tem um nível de frances basico e se perde quando alguém pergunta: "Ça va?", "Comment tu t'appelles?" ou "Quel âge as-tu?"?

O objetivo desse manual é permitir que o aluno integre o francês no seu dia a dia, como é falado hoje, rápido e bem.

A fórmula é atraente e bastante divertida, mas é voltada para pessoas motivadas e autodidatas que não têm medo de estudar em seu tempo livre. Quanto a interação, você deve saber que ela praticamente não existe.

Mas por aproximadamente R$ 60 (Saraiva), você terá resultados. Claro, se você persistir! Só depende de você!

Essa versão vendida na Saraiva tem um CD com os diálogos do livro.

Esse método é bem estruturado em capítulos (no escritório, conversação, banco, restaurante, lojas, etc.) e permite que você aprenda o básico em todas as situações do cotidiano.

Nós gostamos:

  • Da diversidade de preços e fórmulas propostas para todos os bolsos
    O fato de ele ser um francês de todos os dias para que você possa conversar na língua em pouco tempo

Nós gostamos menos:

  • O método clássico pode não ser o melhor para todos

Aprenda a língua francesa graças aos quadrinhos

Para começar seu aprendizado do francês ou melhorar seu nível do idioma, você também pode usar os quadrinhos!

Fácil e divertido, eles são ideais para aprender francês (sozinho)!

Além disso, eles nos lembram o tempo em que fomos crianças, quando abríamos um livro de quadrinhos, ficávamos encantados com os desenhos e entusiasmados com cada tira!

Para aqueles que cresceram na década de 90, são memórias inesquecíveis! Embora os mangas suscitam maior interesse entre as novas gerações de hoje...

Porém, não nos privaremos de um retorno aos quadrinhos, dessa vez em uma língua estrangeira!

Para aqueles que são alérgicos à leitura, aqueles que se cansaram de livros didáticos ou simplesmente curiosos para descobrir o mundo dos comics, há para todos os gostos, todos os níveis e todos os estilos.

Conheça o país e o idioma da França
Visite a capital francesa e você ficará com vontade de aprender a língua

Aqui estão alguns dos clássicos:

  • Tintin
  • Black & Mortimer
  • Largo Winch
  • XII
  • Enki Bilal
  • Manu Larcenet
  • XIII
  • Lanfeust
  • Corto Maltese
  • Lucky Luke
  • Astérix
  • Les Schtroumpfs (Os Smurfs em português)
  • Le Journal de Mickey
  • Le Loup Alberto
  • Mafalda
  • Peanuts
  • Snoopy

Agora, você pode encontrá-los para Kindle, iPad e versão para PC em plataformas legais de download como a iTunes Store e o Google Play.

Mas para os "old school", você sempre poderá ir a livraria ou comprar a versão em papel da Amazon, mas claro, em francês para aprender a língua oficial dos quadrinhos.

Os melhores livros adaptados ao cinema

Temos o hábito de reclamar sobre as adaptações cinematográficas das obras literárias. No entanto, a indústria cinematográfica pode sublimar uma obra literária e transmitir fielmente seu espírito, ao mesmo tempo que confere um caráter real, visual e eterno.

Existem várias obras cinematográficas de literatura que foram adaptadas à tela grande com grande sucesso:

  • A saga "Harry Potter", de J.K. Rowling
  • A saga "Senhor dos Anéis", de Tolkien
  • A saga "O planeta dos Macacos", de Pierre Boulle

Claro, tirando a obra de Pierre Boulle, os outros livros não têm nada de francês.

Mas você, que conhece a saga de Harry Potter e a do Senhor dos Anéis de cor em português, pode aprender francês vendo esses filmes na língua de Molière.

Há também outras adaptações cinematográficas de obras francesasLes Misérables (Os Miseráveis) de Victor Hugo, La Mécanique du Coeur de Mathias Malzieu, Je Vais Bien, Ne T'En Fais Pas de Olivier Adam, Zulu de Caryl Férey, La Guerre des Boutons de Louis Pergaud.

Não sabemos se todas as obras cinematográficas francesas que enumeramos acima são homônomas a seus filmes e se têm versões em português.

Mas como o interesse é aprender francês, você pode encontrar os livros e os filmes franceses pela internet, lê-los e assistir às adaptações para a telona.

Essa é mais uma maneira para os estudantes de francês abordar a literatura e a cultura francesas (guia para descobri-la!) de forma contemporânea!

Assim, em streaming ou em DVD, podemos aprender francês de outra forma, além de aulas ou curso de frances online, podcasts, livros ou materiais didáticos do idioma:

  • Ligações Perigosas: filme americano dirigido por Stephen Frears, adaptado do romance do século XVIII, Les Liaisons Dangereuses do francês Pierre Choderlos de Laclos. Um filme emocionante com Glenn Close e John Malkovich como protagonistas.
  • Lembranças de Um Amor Eterno: inspirado no livro de Sébastien Japrisot, Un Long Dimanche de Fiançailles, é uma história de ficção sobre a busca desesperada de uma jovem mulher para encontrar seu namorado que poderia ter morrido no campo de batalha durante a Primeira Guerra Mundial.

Literatura Francesa

Os melhores livros para aprender francês (para disléxicos) não são apenas os de curso de francês e os materiais didáticos de exercícios.

Venha logo visitar e aprender francês no país
A capital da França tem museus incríveis!

Você pode aprender a língua francesa lendo romances! Dependendo do nível que você possui em francês, você pode ler livros mais ou menos acessíveis.

Recomendamos alguns:

  • PATRICK DEVILLE, Peste e Cólera: a biografia de Alexander Yersin, o pesquisador que descobriu o bacilo da peste e o inventor da vacina para curá-la.
  • PATRICK DEVILLE, Viva: México, 1937. Leon Trotsky e sua esposa, Natalia Ivánovna, desembarcam do navio norueguês Ruth no porto de Tampico. Eles fugiram de Stalin e a pintora de casa Frida Kahlo os recebeu em sua casa. Naqueles anos, em Cuernavaca, o escritor britânico Malcolm Lowry invoca seus demônios, bebe e escreve sob o vulcão. Personagens em busca de um sonho, um ideal. O autor desenha um mapa do nosso mundo contraditório através de personagens tocados por gênio ou loucura.
  • LAURENT GAUDÉ, Le soleil des Scorta: Esse impressionante e curto romance recebeu, entre outros, o Prêmio Goncourt em 2004. Um bandido retorna a Montepuccio, na região italiana da Apúlia, após 15 anos de prisão. Ele decidiu, custe o que custar, possuir Filomena Biscotti, uma jovem mulher de quem se aproximou antes de sua condenação. Nesse romance, você pode testemunhar uma história familiar intensa e dramática que nos deixará sem fôlego.

Sugestões da Aliança Francesa

Pois bem, o Superprof também recorreu a essa tradicional escola de ensino de francês para obter as melhores sugestões e dicas de leitura para todos aqueles que estão aprendendo francês, nos mais diversos níveis. Confira a seleção especial da Aliança Francesa:

TOP 5: Livros policiais para treinar o francês

Nem sempre é fácil engatar uma leitura para quem está começando a aprender a língua. Para ajudar foram criados os audiolivros, que exploram a compreensão oral do estudante. Veja as dicas preparadas pela equipe da biblioteca de audiolivros policiais para treinar o seu francês:

  • Un été à Paris de Isabelle Darras. Durante as férias escolares, Lisa trabalha em um barco-ônibus pelo rio Sena. Um jovem homem chama sua atenção: ele embarca todos os dias no barco e suas atitudes são bastante suspeitas. Lisa decide segui-lo em segredo pelos quarteirões de Paris.
  • S.O.S., Jura en danger! de Isabelle Darras. Nina passa suas férias de natal em um pequeno vilarejo no departamento do Jura. Nina adora a montanha, a neve e o ski. Mas um dia, em meio a uma caminhada ela descobre um aterro selvagem e decide começar uma investigação!
  • Le monstre du Poitou, de Isolde Raisch. O marais e a região do poitou são assombradas por um monstro que traz má sorte a todos que o vêem. Pura superstição? Marc e Thomas tentam resolver o mistério em meio a riscos e perigos.
  • Colo en Auvergne, de Isolde Raisch. Sébastien e Julien Passam um verão invejável em um acampamento de férias na região de Auvergne. Eles ficam fascinados por um homem misterioso que os observa todas as noites nos bosques, até o dia em que eles assistem a um crime…
  • Les perles de Pyla, de Marie Gauvillé. A família de Émilie está desespetada: um vírus destruiu as ostras da região que a família Flaubert cultiva a anos. Mas de onde vem esta epidemia? É a consequência da poluição? Ou a inveja de um outro cultivador de ostras da região. Émilie e seu irmão resolvem investigar e vão fazer uma terrível descoberta na duna do Pyla.

TOP 5: Clássicos franceses que todos deveriam ler

  • Ligações Perigosas, Pierre Choderlos de Laclos (1782). Emblemático do romance libertino, um gênero que varreu a França do século XVIII. As representações de sedução e moral duvidosa causou indignação na alta sociedade. O romance é composto por diferentes personagens, o que dá ao livro bastante dinamismo.
  • As Flores do Mal, Charles Baudelaire (1857). Os poemas de Charles Baudelaire foram uma rejeição dos valores e do estilo Realista. Reunida no livro As Flores do Mal a poesia do autor trouxe um ar novo para a literatura européia. Edgar Allan Poe foi um dos inspirados pelo livro de Baudelaire. Neste livro ele escolheu explorar um lado sinistro da imaginação humana, com toques de erotismo e mostrando sempre a decadência da sociedade.
  • Em busca do tempo perdido, Marcel Proust (1913-1927). Escrito durante quase 20 anos, Em Busca do Tempo Perdido de Marcel Proust é uma obra-prima de estilo e significado sem precedentes. O livro traz uma complexa discussão sobre a formação das experiências e da memória, explorando várias perspectivas para contar a história. A narrativa pode parecer difícil de início, mas as imagens que Proust evoca compensam e constroem uma linda prosa reflexiva.
  • Madame Bovary, Gustave Flaubert (1856). O personagem homônimo de Madame Bovary, de Gustave Flaubert, é uma das protagonistas femininas mais complexas e trágicas. Bela e encantadora, Emma Bovary vê o mundo através dos olhos fantasiosas, enquanto sua vida cai na mais completa monotonia. A busca constante de Emma por beleza e luxo leva a dívidas, adultério e à completa ruína.
  • Os Miseráveis, Victor Hugo (1862). Uma das mais longas e importantes obras literárias já escritas, Les Misérables é essencial por sua riqueza de estilo e personagens complexos. Seu enredo épico se cruza alguns dos momentos históricos mais importantes da França do século XIX. Focando sua obra nos “miseráveis” – os pobres, os desesperados e os abandonados -, Hugo retrata o poder da redenção e da bondade humana, criando um extraordinário trabalho de empatia.

As edições bilíngues também são uma boa opção para começar a ler em francês, pois permitem estudar a estrutura das frases. Não deixe de procurar outros livros que você possa gostar além dos títulos que recomendamos.

Você pode pedir conselhos (para aprender francês) aos livreiros, bibliotecários. Geralmente, eles são especialistas e você pode recomendar títulos diferentes de acordo com seus gostos literários.

Encontre um bom curso de frances rj ou um curso de francês em outras cidades do Brasil!

Aprenda francês de forma simples

Você não sabe muito sobre a língua francesa? Ou sobre sua cultura?

Não se preocupe, muitos bilíngues em francês já se encontraram nessa situação. Se você está lendo este post, é porque você quer melhorar!

E com razão! Então, aprender uma língua estrangeira é provavelmente uma das coisas mais enriquecedoras do mundo!

Francês fácil: aprenda noções básicas em francês

Se você é iniciante em francês (também para crianças), a primeira etapa do seu aprendizado será o domínio perfeito dos conceitos básicos, tais como:

  • Pronúncia e acento francês
  • Os gêneros em francês
  • Artigos e adjetivos
  • Vocabulário básico (palavras, frases, apresentação, cores, números, tempo, roupas, etc.)
  • Gramática e construção de simples sentenças declarativas, interrogativas e exclamativas
  • Negação
  • Os verbos auxiliares: ser (ser, ser) e ter (ter, ter)
  • Os verbos franceses e sua conjugação no presente, passaram composto, imperfeito e futuro
  • Pronomes
  • O condicional
  • Presente imperativom subjuntivo e imperfeito
  • Os diferentes tipos de adjetivos, advérbios e preposições

Depois de dominar todos esses conceitos em francês (também para idosos), você estará pronto para o próximo nível!

Qual é o melhor método para começar em francês? Aulas particulares, é claro!

Vendo a lista dos conceitos básicos que preparamos para você, você pode imaginar o trabalho que o aguarda. Mas não tenha medo: com as ferramentas certas, você pode aprender francês rapidamente e com facilidade.

Você pode até aprender enquanto se diverte!

Em primeiro lugar, se puder, recomendamos que você faça aulas de francês. Seja em um grupo ou aulas particulares com um professor de francês: você escolhe de acordo com seu orçamento (as aulas particulares são mais caras do que as classes em grupo).

Você também pode escolher levando em conta se prefere ou não ter companhia. No Superprof, você pode encontrar professores de francês perto de onde você mora.

Quer falar o idioma de Molière fluentemente? Que tal começar a fazer aulas de francês para iniciantes!

Fale a língua de Moliêre
A arquitetura clássica francesa também é bem conhecida

Além disso, não se esqueça de obter alguns livros franceses para nível básico. Esse tipo de livros é destinado a pessoas de todas as idades que desejam estudar francês. Há para todos os níveis e você pode complementar suas aulas de francês por conta própria.

Você também pode melhorar de maneira autodidata assistindo vídeos, ouvindo podcasts, visitando páginas e baixando aplicativos dedicados a aprender francês (quanto tempo é necessário?).

Esses tipos de atividades são excelentes para exercitar sua compreensão auditiva e aprender enquanto se diverte.

Finalmente, você pode assistir a filmes e séries em francês (legendado em francês de preferência, ou em português, se ainda não tiver o nível suficiente). Outra dica é baixar as letras de seus cantores franceses favoritos.

Melhorar em francês: conversar e conversar!

Obviamente, você também tem a possibilidade de melhorar com a ajuda de livros franceses adaptados e pegar algumas aulas com um professor. Mas agora que você adquiriu os conceitos básicos da língua, você deve ter uma prática diária. Fale, escute, leia francês todos os dias!

Continue assistindo filmes, séries e vídeos em francês. Se puder, remova as legendas ou coloque-as em francês.

Tente evitar o português a todo custo. Comece a ler livros e romances. Esse é o método ideal para enriquecer seu vocabulário e descobrir mais sobre gramática, ortografia e conjugação francesa.

Acima de tudo, nesse nível, aconselhamos você a procurar um falante nativo para praticar o intercâmbio de línguas ou até mesmo ir para um país de língua francesa para fazer um curso de francês (como começar a aprender o idioma?).

Uma língua é uma ferramenta de comunicação, então você entenderá imediatamente que, para melhorar em francês, você deve entrar na conversar com nativos franceses!

Seja turista e visite vilarejos franceses
Todo o país tem lugares incríveis como o Mont Saint Michel na Normandia!

A vantagem de ter um amigo francês ou de outro país francófono é que você poderá praticar e aprender ao mesmo tempo com ele. Vocês devem combinar que ele corrija todas as vezes que cometer um erro. Prepare-se porque no começo isso pode ser meio chato, já que você pode cometer muitos erros.

Mas calma, é errando que se aprende e, aos poucos, você vai ganhando fluência na língua.

Você pode começar enviando e-mails ou cartas ou conversando com ele para falar francês. Quando a ocasião surgir e você se sentir confortável, não deixe de fazer um Skype ou ligar para ele. Assim, você se acostumará a escrever e a falar francês rapidamente.

Faça um bom curso de francês e fale a língua de Molière fluentemente!

Precisa de um professor de Francês ?

Gostou deste artigo?

0 voto(s)
Loading...

Ricardo

Marketeer. Professor. Country Manager. Redator. Dedicação a 200% em tudo o que me comprometo ao longo da minha vida. Adoro as diferentes personalidades existentes em ambiente profissional e social. Em constante transformação. Escrevo para partilhar o meu conhecimento e entusiasmo aos leitores que queiram ver respondidas as suas questões ou aprofundar algum tema.