Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Desporto Artes e Lazer
Partilhar

Os cursos de inglês ajudam a melhorar a vida profissional?

De Maria, publicado dia 31/10/2019 Blog > Idiomas > Inglês > Tenha aulas de inglês e ascenda profissionalmente

Muitos perguntam se valerá a pena investir em aulas particulares de ingles para ganhar competências e enriquecer o currículo?

Existem algumas áreas, como o turismo, restauração, tradução, comércio ou advocacia, onde este investimento em aulas de inglês rapidamente se notará. Tratam-se de setores onde o inglês é um idioma crucial.

Dominar o inglês é essencial para pessoas ambiciosas e que procuram um melhor emprego. Esta língua é internacional e domina no mundo dos negócios.

Se apenas teve aulas de ingles para iniciantes durante o seu percurso académico, precisa de começar realmente a pensar no assunto.

Ou se os seus conhecimentos linguísticos não são suficientes ou são mais voltadas para o mundo académico, precisa de começar a pensar no assunto. Neste artigo encontra todas as dicas para começar a preparar-se para as aulas particulares de ingles ou para tirar um curso de inglês online.

Aulas de inglês para iniciantes: como começar!

Apresentamos agora dez dicas básicas para começar a melhorar o seu inglês e preparar-se para a aprendizagem. Poderá começar a impressionar a sua família, amigos e colegas de trabalho. Confira!

Domine as bases do inglês. É sempre necessário começar pelo início, que significa melhorar a gramática e a conjugação. Deve estudar de um modo estruturado as bases do inglês. É importante que adquira uma gramática de inglês e procure por sites educativos online. Na internet, o que não faltam mesmo são diversas opções.

Treine a audição diária do inglês. É isso mesmo: oiça todos os dias o idioma! No mínimo, 20 minutos por dia. Encontra diferentes fontes e recursos por todo o lado, desde noticiários internacionais na TV, filmes em versão original, aquela sua série predileta no Netflix em inglês, rádio, podcasts… Ufa!

Leia livros e jornais em inglês. Se consome informação escrita, como jornais ou revistas, substitua por publicações em inglês. Na internet, encontra as versões digitais de uma infinidade de publicações. Subscreva algumas. Pode também ler livros eletrónicos ou mesmo encomendar livros em inglês

Legendagem em inglês. Sempre que estiver a ver algum filme, substitua as legendas em português por inglês. Treinará a audição e a leitura.

Idioma do computador em inglês. Deve configurar o computador, laptop, tablet e telemóvel para o idioma inglês. É mais uma maneira de ir absorvendo alguma da informação.

Converse em inglês. Há certamente muitos estrangeiros a viver em Portugal. Procure um nativo de inglês e meta conversa. É uma ótima maneira de exercitar a língua. Praticar a conversação é uma excelente maneira de aprender inglês.

Dominar as expressões padrão. Os conhecidos «Dear Mr…» , «Regards» , «Find attached» , «Forward» e outros, como «ASAP», são importantes e acabará por usar.

Aulas particulares de inglês. Uma excelente maneira de aprender inglês é contratar os serviços particulares de um professor que acompanhe os estudos ao longo do ano. Terá um acompanhamento individual e personalizado.

Estágios internacionais. Se tiver oportunidade, realize um estágio lá fora. Nada melhor do que mergulhar diretamente na língua inglesa ao morar e trabalhar noutro país.

Valide os seus conhecimentos através da realização de testes de proficiência. As diferentes certificações que existem podem ajudar a conquistar novos empregos e cargos a nível profissional.

Onde aprender a língua inglesa? Aprenda o inglês para negócios pela internet! Esta é uma dica barata e de fácil acesso. | Fonte: Unsplash

Tenha aulas particulares de inglês e adquira as competências básicas

Não interessa muito o cargo profissional que está a exercer de momento. Pode ser CEO de uma empresa ou um empregado de mesa! Em algum momento, já deve ter sido obrigado a falar inglês e teria sido muito útil se já tivesse tirado um curso de inglês.

Hoje em dia, é expectável que qualquer pessoa domine também o inglês. No mínimo deve ter o domínio completo sobre mais um idioma para além do seu.

Existem ainda muitas profissões que exigem um conhecimento muito básico. Contudo, não ignore a necessidade de investir em aulas de inglês.

Existem determinados setores onde é exigida uma maior proficiência e um vocabulário muito maior: entre administradores e posições mais elevadas; no setor do turismo; no setor da informática; no comércio, etc.

Então, para melhorar o seu inglês, a principal dica passa sempre pela prática constante. Num curso de inglês online ou com aulas particulares de ingles, mergulhe por completo no mundo anglófono!

Como melhorar o nível da língua inglesa? Uma dica simples e eficaz: procure alguém para conversar em inglês. | Fonte: Pixabay

Mas como avaliar o seu conhecimento de inglês? Existem vários testes de proficiência, dos quais destacamos:

  • O TOEIC (Test of English for International Communication), provavelmente o mais conhecido de todos, avalia o nível da língua através de 200 perguntas de múltipla escolha em duas horas de exame.

 

  • O BULATS (Business Language Testing Service) é um teste aplicado pela Universidade de Cambridge e permite também avaliar o seu nível num contexto profissional.

 

 

Se tem nível muito primário de inglês, será muito importante investir no mínimo numa aula de inglês semanal para aumentar os seus conhecimentos e conseguir ascender profissionalmente.

Pode também começar a dedicar-se ao estudo da língua com os diferentes meios gratuitos que existem, nomeadamente a visualização de filmes na versão original, a realização de um curso de inglês online gratuito, a audição de músicas, entre outros.

Quais as vantagens profissionais de falar inglês?

Se quiser encontrar um emprego, ou subir de posição na empresa onde está, precisa de começar a ter aulas particulares de ingles para melhorar o seu currículo. 

Na sua vida diária, dominar o inglês através da compreensão e pronúncia poderá trazer vários benefícios. Um estudo recente mostra que 45% das pessoas que sabem inglês, recebem um aumento de 25% nos seus rendimentos. Também têm mais certezas sobre o seu futuro profissional.

Em qualquer processo de recrutamento, as empresas avaliam o inglês dos candidatos. Já passou a ser um ponto de avaliação normal. Por isso, não pode adiar esta decisão de investir mais. Comece a ter aulas de inglês e enriqueça o seu CV!

Maior vantagem com inglês. Na vida profissional, praticamente todos os clientes internacionais estabelecem contacto em inglês. Se dominar o inglês, já apresentará uma vantagem competitiva. Irá ser muito útil quando precisar de comunicar de um modo claro e sucinto, realizar reuniões, atender uma chamada ou mesmo escrever um simples email para esclarecer algumas dúvidas. Destacando-se dos seus colegas, poderá usar este conhecimento para se candidatar a uma melhor posição dentro da empresa.

Maiores salários. Um estudo realizado pela Catho revelou quanto ganham a mais os profissionais que dominam o inglês, comparativamente com os que não têm qualquer domínio. Conheça os resultados: 

  • Diretoria: 18,29%
  • Gerência: 42,60%
  • Coordenação: 39,01%
  • Supervisão: 63,86%
  • Profissionais que vão desde Júnior a Sénior: 55,09%
  • Assistentes/Auxiliares/Operacionais: 18,51%

Em Portugal, ainda não se desenvolveu um estudo, mas acredita-se que o cenário seja semelhante. Portanto, se sabe inglês, está na altura de pedir um maior salário. Para uma situação destas, deve sempre preparar-se e munir-se dos melhores resultados. Mostre de um modo claro e sucinto, os benefícios que o seu inglês tem trazido para a empresa.

Tornar a sua empresa uma referência. No que toca ao mundo dos negócios, o inglês é a língua mãe! Se pretende realizar um processo de internacionalização, o inglês é a escolha mais acertada! Não demore mais tempo e comece a ter aulas de inglês e, se possível, ofereça ou incentive os seus funcionários!

Veja outros benefícios de saber falar inglês:

  • o cérebro e as suas capacidade cognitivas vão ser estimuladas;
  • irá ver a sua auto-estima e confiança melhoradas já que se sentirá com mais conhecimentos e melhor preparado para enfrentar várias situações;
  • terá acesso a muita mais informação na internet, já que poderá ler em inglês muitos estudos, relatórios, pesquisas, notícias, entre outros;

Quais as vantagens de falar bem em inglês? Quando dominar a língua inglesa, terá benefícios que nem imagina. | Fonte: Pixabay

Invista numa aula de inglês semanal e prepare-se para seguir carreira em Londres

Sempre sonhou com um emprego em Londres? Esta poderá ser a sua oportunidade!

Muitas vezes, a dificuldade está em saber como seguir com esse sonho? Será através de uma bolsa de estudos ou mesmo com um trabalho? Como concretizar esta vontade de ir para a Inglaterra?

O melhor mesmo para aprender uma língua, é mergulhar completamente num país onde seja obrigado a comunicar esse mesmo idioma. Se não consegue tirar um curso de inglês online ou arranjar aulas particulares de ingles, mas tiver condições económicas, pode mudar-se para Londres e arranjar um emprego. Esta é, sem dúvida, a melhor opção!

O site Viver Trabalhar em Londres disponibiliza várias dicas e informações para se aventurar nesta nova etapa de vida. Poderá informar-se sobre tudo o que precisa de saber para começar a viver como um Londrino. Irá ver como após 6 meses dominará por completo o inglês. Será muito mais rápido do que aquilo que está a pensar.

Está a pensar se valerá a pena  ir para Londres ganhar dinheiro? Fique a saber que o salário mínimo inglês (The National Minimum Wage and Living Wage) é superior ao português. Os maiores de 25 anos, ganham £8.21 p/h, e as pessoas entre 21 e 24 anos, auferem £7.70. Uma pessoa com mais de 25 anos recebe perto de 9,5€ por hora. Em Portugal, um trabalhador que exerce as suas atividades 40 horas por semana, recebe cerca de 600€ no final do mês. Sabemos que a diferença é avassaladora!

No entanto, é preciso ter em conta que Londres é uma das cidades mais caras do mundo. Poderá ganhar mais, mas irá também gastar o dobro. No entanto, tenha em atenção que o que está em causa é o salário mínimo. A Inglaterra é um dos países com melhores salários na Europa.

Tendo em conta os seus estudos, experiência profissional e o número de horas trabalhadas, poderá auferir um rendimento muito maior.

Que tal ir para a Inglaterra trabalhar? Há muitas razões para arranjar trabalho em Londres! E se chegou o momento para embarcar nesta nova aventura? | Fonte: Unsplash

A Grã-Bretanha é composta pela Inglaterra, Escócia e o País de Gales. O Reino Unido é constituído pela ilha da Grã Bretanha e Irlanda do Norte. As leis de imigração são as mesmas em todos estes países.

O referendo realizado no Reino Unido em 23 de Junho de 2016 sobre a permanência ou saída da UE não introduziu para já nenhuma mudança no regime de entrada e estadia para os cidadãos da União Europeia. Por isso, sempre que os portugueses desejarem entrar no Reino Unido para visitas de turismo ou negócio, apenas precisam do Cartão de Cidadão ou Passaporte.

Para permanências inferiores a três meses, um cidadão da UE apenas precisa do Bilhete de Identidade ou de Cartão de Cidadão válido. No entanto, deve andar sempre com os seguintes documentos:

  • Cartão da Segurança Social;
  • Cartão Europeu de Seguro de Doença;
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento.

Enquanto o Reino Unido permanecer um Estado-Membro da União Europeia, os direitos e deveres dos cidadãos portugueses permanecem iguais.

Os cidadão europeus que residem no Reino Unido devem candidatar-se ao settled status (estatuto de residência permanente), ou ao pre-settled status (estatuto de residência temporária), junto das autoridades britânicas para poderem continuar a morar legalmente no país.

Os cidadãos europeus residentes no Reino Unido à data de saída do país da União Europeia devem obrigatoriamente candidatar-se ao estatuto de residente (settled status ou ao pre-settled status) até 30 de junho de 2021 (em caso de o Brexit ocorrer com acordo) ou até 31 de dezembro de 2020 (em caso de o Brexit ocorrer sem acordo), através do EU Settlement Scheme.

Esta aquisição do estatuto de residente é mandatória para que possam continuar a residir legalmente no Reino Unido, após o Brexit. Só assim terão acesso ao mercado de trabalho, serviços sociais e públicos do país.

Partilhar

Os nossos leitores adoram este artigo
Este artigo contêm as informações que procura?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar